sexta-feira, 11 de agosto de 2017

Há 3 semanas...

Eu adotei este doce!


Quem me acompanha há mais tempo sabe que sou completamente apaixonada por gatos, tenho duas ladies, com quatro e cinco anos. Nunca tinha tinha tido um cão em casa, tinha tido em casa dos meus avôs mas nunca em minha casa.
No passado dia 19 de Julho deparei-me com um pedido de adoção no site das veterinárias das ladies...este mexeu comigo de uma forma que não consigo explicar! Apaixonei-me logo pela cadela da foto.
Falámos cá em casa (liguei para o meu pai que estava em Espanha!) e decidimos avançar com a adoção. O grande medo era a reação  das ladies..não se adaptarem, fazerem mal à cadela ou ficarem com ciúmes ao ponto de deixar de comer (aconteceu quando trouxemos a gata mais nova)...
Apesar dos receios avançámos, cientes das responsabilidades, do trabalho, do investimento (cuidados de saúde, alimentação...) e do medo da reacção das nossas princesas!
Quando entrei em contacto com o senhor que tinha deixado o apelo com as veterinárias ele explicou-me que tinha resgatado a mãe das cadelinhas, vítima de maus tratos... e que nem imaginava que teria a surpresa desta ter cinco cães! O conhecimento da história fez-me ter a certeza de que estava a fazer o certo, posto isto, ele levou-me não a cadela pela qual me tinha apaixonado mas sim quatro!
Assim que abriu a caixa de papelão onde as transportou dei logo de caras com ela mas... achei-a tão quieta, linda tal como na foto mas faltou algo... o senhor disse-me que era super sossegada! Assim que fui para pegar nela uma das irmãs abraçou-se literalmente ao meu braço! Segundo ela tratava-se da líder!
Apresou-se a tirar-la da caixa para me mostrar, sendo que, ainda estava encantada a olhar para a princesa que tinha visto primeiramente... 
Até que... agarrei a líder! Percebi no momento que aquela pequena me tinha escolhido, não havia volta a dar era ela! Ainda voltei a olhar para a irmã mas não era para ser ela, era a líder! Eu tinha sido escolhida e não o contrário!
Ontem a princesa fez três meses, está connosco há três semanas e tem sido uma aventura, uma grande aprendizagem para alguém que nunca teve um cão! Mas não podia ter tido mais sorte, é uma verdadeira lady que se veio juntar as outras duas!

                                   

Como o post já está bastante extenso conto-vos num próximo post como tem sido a adaptação dela às gatas e viceversa, à casa, as rotinas.. enfim essas coisas!

ps- A Heidi (sim a princesa chama-se Heidi foram imensos os nomes sugeridos mas não aceites pela família lol) não tem raça, sabemos que é de raça pequena, uma vez que a mãe é de raça pequena, mesmo não sabendo quem é o pai não é possível que seja de raça média ou grande, pois para que tal pudesse acontecer a mãe teria tido apenas 2 ou 3 crias (explicação dada pelas veterinárias). Era o único requisito que procurávamos na adoção, uma vez que o nosso pátio não é muito grande e também pela questão da divisão de "território" com as gatas.
Conselho de amiga adotem! Eu sei há raças lindas, eu amo os spitz alemão por exemplo, mas há tantos animais a precisar de uma casa! Que vão acabar por ter fins triste... 
Sei também que os animais de raças não pediram para nascer e precisam de uma casa, mas mais facilmente encontramos um rafeiro abandonado do que um cão de raça...

Sem comentários:

Enviar um comentário